A Integração de um sistema de gestão com o iFood proporciona uma série de diferenciais competitivos para o seu negócio. Nesta matéria você entenderá como essa solução pode ser útil para o seu estabelecimento.

A experiência de comer fora não envolve apenas degustar a comida, mas sim desfrutar de todo o ambiente proporcionado pelo restaurante. Por conta disso, essa é uma opção muito procurada para uma confraternização com pessoas queridas e para comemorar datas importantes.

Apesar disso, empreendedores do setor gastronômico não podem ignorar outra tendência importante em seu mercado: o crescimento do mercado de Delivery no Brasil.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo aplicativo de entregas iFood em parceria o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), 56% dos consumidores pede refeições a domicílio semanalmente. Desses, 14% costuma fazê-lo mais de duas vezes por semana. A refeição campeã dos pedidos é o jantar dos dias úteis, seguida pelo almoço dos finais de semana.

Ao se analisar esse fenômeno mais afundo, nota-se que há diversos motivos por trás do crescimento de tais serviços. Entre eles, estão:

  • O trânsito caótico das grandes cidades brasileiras;
  • A insegurança urbana;
  • O mau tempo, que encoraja pessoas a ficarem em casa;
  • A comodidade de se degustar uma refeição de primeira qualidade no aconchego do lar, ou de onde estiver.

Por conta disso, quem pretende evoluir, não pode ignorar a tendência do delivery e as novas tecnologias que envolvem esse mercado.

A importância dos apps de delivery

Por mais que o mercado de delivery tenha crescido exponencialmente nos últimos anos, esse serviço é muito mais antigo do que boa parte das pessoas imaginam. O hábito de pedir pizza, por exemplo, é antigo: quem nunca ligou para a pizzaria favorita e degustou o prato em casa alguns minutos mais tarde?

A diferença do momento atual é que, agora, há outra maneira de se fazer o pedido: os aplicativos especializados. Eles conectam todos os envolvidos – clientes, restaurantes e entregadores -, sendo mais prático que o tradicional pedido por telefone. Entre as vantagens proporcionadas por tais plataformas, estão:

  • É possível fazer o pedido de forma mais ágil;
  • Customizações são mais simples de se requisitar;
  • É possível entrar em contato direto com o entregador;
  • É possível fazer o pedido de qualquer lugar;
  • Os dados do cartão de crédito ficam salvos, de modo que ele não tem que estar em mãos ao fazer o pedido;
  • O cliente tem acesso a vários estabelecimentos a partir de uma única plataforma.

Entre todas as ferramentas do tipo disponíveis no Brasil, o iFood é uma das mais populares. Dados divulgados pela própria empresa revelam que ela é líder em toda a América Latina, e, no Brasil, alcançou a marca de 390 mil pedidos nas últimas semanas de outubro de 2018. Isso representa um aumento de 109% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Trata-se de um crescimento mais rápido do que o registrado nas regiões mais ricas do globo, como a Europa e os Estados Unidos. Além disso, ele é 16 vezes maior do que seus principais concorrentes no país. Portanto, é praticamente certo que um estabelecimento que trabalha com delivery conte com o apoio dessa plataforma.

Como administrar os pedidos com delivery?

Se você chegou até aqui, já deve ter notado um ponto muito importante: bares e restaurantes que trabalham com delivery atendem melhor às necessidades do consumidor, e, consequentemente, são mais rentáveis.

Por mais que isso seja um fato incontestável, é preciso ter em mente que essa vantagem exige uma contrapartida – ou seja, adaptações na gestão para que os pedidos sejam executados sem maiores problemas.

Nesse caso, uma das melhores alternativas para o seu estabelecimento é contar com um sistema de gestão ERP, que permita a gestão dos pedidos feitos por meio das plataformas de delivery. Assim, os erros diminuem e a eficiência aumenta. Além disso, problemas como o mau acompanhamento financeiro e até mesmo a quebra de estoque se reduzem drasticamente.

Por exemplo: os clientes que operam com o sistema da ConnectPlug contam com uma série de funcionalidades que são extremamente interessantes nesse sentido, tais como:

  • Controle dos pedidos de balcão e de delivery separadamente;
  • Possibilidade de extrair relatórios que tratam especificamente sobre os pedidos de delivery;
  • Quando um pedido é registrado, os insumos necessários a seu preparo são deduzidos automaticamente do estoque;
  • É possível fazer o cadastro de clientes, de modo a conhecer mais seu perfil e saber seus pedidos favoritos.

Detalhes importantes como estes, tornam-se um excelente diferencial competitivo para o seu estabelecimento, seja ele de gastronomia ou não.

Integração do sistema ConnectPlug e iFood: quais as vantagens?

Além de contar com uma série de funcionalidades extremamente úteis ao gestor de bares e restaurantes, a ConnectPlug lançou, recentemente, outro item com muito potencial para tornar qualquer negócio de gastronomia mais competitivo: a integração com o iFood.

Na prática, isso significa que os dados de ambas as plataformas conversam entre si, facilitando a gestão dos pedidos feitos via delivery, e, consequentemente, fazendo com que a sua empresa atenda seus clientes com mais eficiência.

Quer saber mais sobre esse diferencial? Então continue lendo e confira algumas das vantagens de se contar com a integração entre o sistema ConnectPlug e o iFood em seu negócio.

Posts Recomendados

Nenhum Comentário ainda! Seja o(a) Primeiro(a) a Comentar!!!


Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *