10-tendencias-para-bares-e-restaurantes-em-2020

Assim como em todos os anos, especialistas em alimentação fora de casa apontam tendências para 2020. Confira como impulsionar seu estabelecimento nesta matéria exclusiva.

Uma das marcas registradas do século XXI é a alta velocidade do fluxo global de informação. Consequentemente, o consumidor está cada vez mais informado, tornando-o mais exigente, e, suas demandas, mais dinâmicas. Na prática, empresários de todos os ramos precisam estar atentos às mudanças e adaptar-se a elas.

O segmento de alimentação fora de casa não é exceção: ano após ano, as tendências mudam. Seja no serviço, ambiente ou no próprio cardápio, é preciso fazer alterações para manter-se no mercado.

Quer saber o que vai estar em alta no ramo de bares e restaurantes em 2020? Então continue lendo e confira alguns itens que devem dar o que falar ao longo deste ano:

 

 

[01] Ghost restaurants

O sucesso do delivery não é novidade para ninguém. No caso do Brasil, ele se deve a fatores como a dificuldade em deslocar-se e a insegurança que domina as grandes cidades do país. Além disso, dias com tempo ruim e até mesmo a rotina mais apertada também fazem com que as pessoas recorram aos serviços.

Em resposta a esta demanda, surgiu um novo modelo de negócio: os ghost restaurantes, ou restaurantes-fantasma, em português. São estabelecimentos que funcionam exclusivamente para o delivery, e, assim, não contam com um salão. As vantagens deste modelo são o custo mais baixo e o direcionamento para um serviço que é cada vez mais buscado pelo público.

Dica de leitura: 10 dicas fundamentais para que seu delivery de comida seja um sucesso

 

[02] Carne vegana

tendencia-carne-vegana

A alimentação vegana e vegetariana já é tendência no mercado há alguns anos. Entretanto, neste ano esse tipo de cardápio ganha um diferencial: as carnes veganas, como o Futuro Burguer. Elas se diferenciam por terem sabor, cheiro e textura de carne, mas com  ingredientes 100% de origem vegetal.

Assim como qualquer outro item inovador, nada mais normal que essas carnes apareçam com cada vez mais frequência nos menus de restaurantes. Estes insumos são especialmente interessantes para estabelecimentos que servem primordialmente pratos com ingredientes de origem animal, como hamburguerias e churrascarias.

Dica de leitura: Restaurante vegano é tendência: confira 6 dicas para o sucesso

 

 

[03] Refeições interativas

Atualmente, a palavra interatividade costuma remeter à tecnologia e às possibilidades que ela proporciona. No caso dos restaurantes, ela é usada em soluções como o cardápio eletrônico e os terminais de autoatendimento.

Apesar disso, o termo tem sido usado de uma forma diferente no mercado de alimentação fora de casa. Muitos estabelecimentos têm investido nas chamadas refeições interativas, desenhadas para promover a socialização entre os comensais. Entre as técnicas usadas para tal estão a implantação de mesas compartilhadas, a não disponibilização de Wi-Fi e até mesmo o confisco temporário de smartphones. Em um mundo com pessoas cada vez mais isoladas pela tecnologia, trata-se de uma solução que tende a se popularizar.

 

 

[04] Cardápios informativos

Outra consequência do alto e acelerado fluxo de informações do mundo globalizado é a conscientização dos consumidores a respeito da origem daquilo que consomem. Consequentemente, cada vez mais pessoas priorizam mercadorias produzidas de forma justa, livres de trabalho escravo e com redução do impacto ambiental.

No caso dos restaurantes, isso se traduz nos chamados cardápios informativos. Como o seu próprio nome diz, tais menus não contam apenas com a descrição dos pratos, mas, também, com informações sobre a origem dos ingredientes e seus diferenciais.

Dica de leitura: 8 técnicas fáceis de engenharia de cardápios para aumentar o faturamento

 

 

[05] Autoatendimento

tendencia-autoatendimento

Mais do que boa comida, experiências diferenciadas também ajudam a fidelizar o público. Por esta razão, a chance de fazer o próprio pedido por meio de uma interface diferenciada tem tudo para atrair e fidelizar clientes.

Para colocar isso em prática, muitos estabelecimentos têm investido em totens de autoatendimento. Eles dão autonomia ao cliente e enviam os pedidos diretamente à cozinha, reduzindo as chances de erros. Trata-se de um recurso que deve se popularizar ao longo de 2020.

Dica de leitura: O que é totem de autoatendimento: guia completo!

 

 

[06] Restaurantes aconchegantes

tendencia-restaurantes-aconchegantes

Na mesma linha das refeições interativas, os clientes de bares e restaurantes querem cada vez mais se sentir em casa quando saem para comer ou beber. Para que isso aconteça, é interessante investir em algumas boas práticas tradicionais, como um atendimento diferenciado e amigável.

Além disso, há outro elemento para acolher melhor o cliente – e que é considerado uma tendência para o ano de 2020: os ambientes aconchegantes. Esqueça os restaurantes ultramodernos, com formas retas e cores sóbrias: esta tendência da decoração de estabelecimentos pede inspiração em referências caseiras. Cadeiras com assentos macios, tapetes e até mesmo uma iluminação bem planejada são essenciais.

Dica de leitura: Decoração de restaurantes: tudo para um projeto perfeito!

 

 

[07] Food halls

tendencia-food-halls

Dar a volta ao mundo em um único estabelecimento. Esta é a proposta dos food halls: semelhantes às praças de alimentação dos shoppings, eles contam com vários restaurantes em um só lugar. É uma boa alternativa para casais ou grupos de amigos com gostos muito diferentes.

Vale ressaltar que, por mais que a inspiração seja os shoppings, os food halls prezam por um ambiente diferenciado. Portanto, caso a ideia seja investir nessa tendência, é interessante contar com um projeto decorativo profissional e com elementos como música ambiente. Do mesmo modo, é fundamental selecionar bem a oferta de estabelecimentos que ocupará o local, de modo que o mix seja diverso.

 

 

[08] Análise de dados do delivery

Boa parte dos restaurantes já investe nos sistemas de delivery para administrar as suas entregas. Apesar de isto por si só não ser novidade, há algo inovador que deve ser tendência neste ano: a análise dos dados gerados por tais softwares. Entre eles estão a localização dos pedidos, o ticket médio e até mesmo quais são os pratos mais pedidos.

Cabe ressaltar que esta tendência já é realidade nas gigantes da alimentação. É o caso do McDonald’s: em 2019, a corporação desembolsou R$ 300 milhões na aquisição da empresa Dynamic Yield, especializada em big data e inteligência artificial.

Dica de leitura: Integração com iFood | Pedidos direto no sistema

 

 

[09] Cozinha regional

tendencia-cozinha-regional

Os empreendedores bem-sucedidos na área da alimentação têm algo em comum: eles já perceberam que comer fora é muito mais do que simplesmente fazer uma refeição. Na realidade, trata-se de uma experiência completa.

Na esteira dessa tendência, o público tem demonstrado cada vez mais interesse pela cozinha regional, seja ela brasileira ou de outros países. Além dos pratos típicos, tais estabelecimentos costumam oferecer uma decoração diferenciada e até mesmo um serviço semelhante àquele da região na qual se inspira.

 

 

[10] Sustentabilidade

tendencia-sustentabilidade-bar-restaurante

No último ano, problemas como o altíssimo consumo de plásticos de uso único e o aquecimento global ficaram ainda mais em evidência. Com isso, uma fatia maior da população passou a estar mais atenta aos próprios hábitos, de modo a minimizar seu impacto ambiental.

Para o setor da alimentação, isto significa que a sustentabilidade deve se fortalecer. Dentro deste guarda-chuva estão a redução no uso de insumos de origem animal, o corte de descartáveis e até mesmo a filosofia lixo zero, eliminando totalmente os resíduos produzidos pelo estabelecimento.

 

 

Sistema de gestão ERP continua sendo diferencial para estabelecimentos

Independentemente das tendências que esse ano traz para o setor de bares e restaurantes, uma gestão eficiente é fundamental para o sucesso de todo e qualquer estabelecimento.

Uma das maneiras de garanti-la é contar com um sistema para restaurantes robusto, que permita o uso mais eficiente possível dos recursos de sua empresa.

A ConnectPlug antende clientes em todos os estados do Brasil, e coleciona cases de sucesso de empreendedores que viram no sistema uma maneira de alavancar o sucesso do seu negócio. Sempre atenta à inovação, a empresa recentemente investiu em um totem de autoatendimento próprio e em uma integração com o líder de mercado iFood, otimizando a gestão de pedidos via delivery.

Quer saber mais? Marque uma conversa sem compromisso com um de nossos consultores! Ou conheça mais sobre a nossa solução nesta dica de leitura: Sistema frente de caixa PDV ConnectPlug: 8 motivos para contratá-lo já.

2 Comments

  1. Muito bom! Excelente artigo sobre as tendências para bares e restaurantes! Com certeza 2020 será o ano de recuperação e crescimento desses seguimentos!

    • Olá Kaique, tudo bem?
      Agradecemos muito o seu comentário 🙌
      Com certeza, 2020 tem tudo para ser muito ótimo ano para diversos segmentos 🚀
      Ficamos a sua disposição sempre que precisar!
      Até mais 👋


Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *