Empresas desempenham um papel crucial na economia do nosso país, e para operar com sucesso, é fundamental entender e cumprir as obrigações fiscais e contábeis. Este checklist fornece uma visão resumida das principais responsabilidades fiscais e contábeis que devem ser cumpridas.

Em 2022, a carga tributária efetiva média das empresas brasileiras foi de 18,08%, segundo estimativas do Observatório da Política Fiscal da FGV. Em restaurantes, aproxima de 22%, segundo a Abrasel
O que é totem de autoatendimento?

 

 

Obrigações Fiscais:

 

Registro Fiscal: 

  • Registre a empresa nos órgãos fiscais locais e nacionais.
  • Obtenha um número de identificação fiscal (CNPJ no Brasil) e registre-se como contribuinte.

Regimes Tributários:

  • Escolha entre o Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real, dependendo do faturamento e atividade da sua empresa.

Emissão de Notas Fiscais:

  • Emita notas fiscais para todas as transações comerciais.
  • Conheça os diferentes tipos de notas fiscais (NF-e, NFC-e, etc.) e quando utilizá-las.

Apuração e Pagamento de Impostos:

  • Calcule e pague os impostos devidos, como ICMS, ISS, PIS, COFINS, IRPJ e CSLL, de acordo com o regime tributário escolhido.

Obrigações Acessórias:

  • Entregue obrigações acessórias, como SPED Fiscal e EFD Contribuições.
  • Cumpra prazos para entrega de declarações, como DCTF, ECF e DIRF

 

Obrigações Contábeis:

 

Escrituração Contábil:

  • Mantenha um sistema de contabilidade atualizado, registrando todas as transações financeiras da empresa

Balanço Patrimonial e Demonstrativo de Resultados:

  • Prepare regularmente o balanço patrimonial e o demonstrativo de resultados para avaliar a saúde financeira da empresa.

Controle de Estoques e Ativos Fixos:

  • Mantenha registros precisos de estoques e ativos fixos da empresa.

Conciliação Bancária:

  • Concilie regularmente as contas bancárias da empresa para evitar discrepâncias.

 

empresas

 

Gestão Financeira Eficiente:

 

Controle Orçamentário:

  • Estabeleça um orçamento claro que inclua todas as despesas e receitas esperadas.
  • Monitore o desempenho real em relação ao orçamento regularmente e faça ajustes conforme necessário.

Fluxo de Caixa:

  • Mantenha um controle rigoroso do fluxo de caixa, monitorando as entradas e saídas de dinheiro.
  • Antecipe despesas e atrasos nos pagamentos para evitar problemas de liquidez.

Reservas Financeiras:

  • Estabeleça uma reserva de emergência para enfrentar imprevistos e períodos de baixa receita.
  • Separe fundos para investimentos futuros e crescimento sustentável.

 

Relacionamento com Profissionais Contábeis:

 

Contratação de Contador:

  • Contrate um contador qualificado e experiente que compreenda as leis fiscais e contábeis locais.
  • Mantenha uma comunicação regular para esclarecimentos e orientações sobre mudanças nas regulamentações fiscais.

Revisões Periódicas:

  • Realize revisões periódicas para garantir que todos os registros estejam precisos e em conformidade com as leis locais.

 

Educação e Atualização:


Educação Continuada:

  • Mantenha-se atualizado sobre as mudanças nas leis fiscais contábeis através de cursos, workshops e seminários.
  • Participe de treinamentos para entender melhor as ferramentas contábeis e fiscais disponíveis.

Consulta a Especialista:

  • Consulte especialistas em casos de dúvidas complexas ou situações fiscais especiais para garantir a conformidade total.

 

Para empresas, o cumprimento das obrigações fiscais e contábeis vai além da conformidade legal, é essencial para a saúde financeira e o crescimento sustentável. Ao seguir este checklist, e manter uma parceria estreita com um contador confiável, empreendedores podem garantir que estão operando dentro das regulamentações, evitando problemas legais e financeiros.

Investir tempo e recursos na compreensão das responsabilidades fiscais e contábeis é um investimento valioso que pode levar a uma gestão financeira mais sólida e um futuro próspero para a empresa.

 

Veja também sobre Fiscal e Tributário:

Nota Fiscal em Contingência: entenda o que é e como ultilizar.

Código de segurança do contribuinte: tudo que você precisa saber:

Download de XML com certificado eletrônico: entenda o que muda:

8 maneiras como um sistema de gestão melhora a sua contabilidade:

Impostos sobre o comércio varejista: tudo que você tem que saber:

11 dicas para escolher um escritório de contabilidade para sua empresa:

Ramo da contabilidade: como cada um ajuda o seu negócio a prosperar:

O que é IRPJ? Um guia completo para entendê-lo de uma vez por todas:

Elisão e evasão fiscal, entenda a diferença de uma vez por todas:

Tributação de bares e restaurantes: quais são os impostos pagos em cada regime?

Novo Simples Nacional: quando ele não vale a pena?

Tipos de Sociedade: conheça os 3 melhores para o seu pequeno negócio:

Escrituração fiscal digital: o que é, para que serve e como fazer:

Empresário individual e EIRELI, quais são as diferenças?

Cupom Fiscal X Nota Fiscal: qual a diferença e como emitir:

Como reduzir os impostos da empresa de forma legal: 6 dicas essenciais

Como a SEFAZ impacta o seu negócio: Checklist rápido

SPED: o que é e como influencia o seu negócio!

Simples Nacional: quais as vantagens e como fazer parte?

Posts Recomendados

Nenhum Comentário ainda! Seja o(a) Primeiro(a) a Comentar!!!


Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *