Prático, inovador e econômico, cardápio digital tem muito a oferecer tanto a clientes quanto a negócios de food service. Ferramenta alia experiência inovadora à melhora da gestão.

 

A pandemia de Covid-19 explicitou algo que os especialistas em food service já previam: o restaurante do futuro está intrinsecamente ligado às soluções proporcionadas pela tecnologia. O isolamento social – e, em muitos casos, a obrigatoriedade de fechar os salões – fez com que as vendas por delivery, como as realizadas por aplicativos de entrega, apresentassem uma melhora de 94%.

Por mais que essa funcionalidade tenha, de fato, muito a agregar a bares, cafés, restaurantes e negócios análogos, ela não é a única ferramenta a revolucionar a experiência do público, e, ao mesmo tempo, melhorar a gestão e a competitividade do food service: o cardápio digital também atua em ambas as frentes.  

 

O que é um cardápio digital?

O cardápio digital nada mais é do que a evolução do tradicional menu impresso, que, durante décadas, foi algo imutável no serviço de restaurantes. A tecnologia permite que o cliente analise os pratos e bebidas oferecidos a partir de monitores, totens de autoatendimento, tablets, e, até mesmo, celulares.
 
 

Quais tipos de cardápio digital existem no mercado?

Atualmente, a responsividade das plataformas não é mais um diferencial: trata-se de algo elementar para toda e qualquer ferramenta digital. O cardápio digital não é exceção: como pode ser usado de vários meios, ele está presente em diversos formatos no mercado, confira abaixo os principais:

Board menu

O board menu provavelmente é o tipo de cardápio digital mais tradicional e conhecido do mercado. Muito usado em praças de alimentação e estabelecimentos de fast food, ele nada mais é do que um conjunto de monitores de grande porte que mostra os pratos oferecidos pelo negócio.
 
Por mais que esse tipo de menu proporcione muita praticidade, ele não permite a mesma interação dos demais formatos. Por esse motivo, não tem o efeito de incrementar consideravelmente a experiência do cliente.
 
 
 

Totem de Autoatendimento

O totem de autoatendimento – inclusive o modelo oferecido pela ConnectPlug – também se enquadra na categoria de cardápios digitais. Trata-se de um modelo criado especialmente para pedidos feitos no balcão: o totem substitui a função do atendente, permitindo que o restaurante aproveite a sua equipe em atividades mais estratégicas, como a tirada de dúvidas sobre os pratos oferecidos.
 
Como o seu próprio nome diz, trata-se de um totem com um tablet ou um monitor sensível ao toque na parte superior. O gadget permite que o cliente envie o seu pedido diretamente à cozinha, faça as personalizações que quiser e, caso use cartão de crédito ou débito, faça o pagamento automaticamente. Quer saber mais sobre? Confira nossa matéria completa no link ao lado: O que é totem de autoatendimento: guia completo!



Cardápio digital para tablets

O cardápio digital também é uma ferramenta adequada para os restaurantes que funcionam apenas com atendimento à la carte. Nesse caso, é possível usar a versão para tablets: cada mesa tem o seu próprio dispositivo, permitindo que os clientes vejam fotos, vídeos e descrições sobre os pratos, para, em seguida, customizá-los e enviá-los direto à cozinha.

 
Solução que proporciona  muito mais agilidade e autonomia para clientes, através de cardápios totalmente interativos. Além dos benefícios para o estabelecimento, possibilitando adicionar, remover, editar ou personalizar o cardápio digital com extrema facilidade. Tecnologia que proporciona benefícios reais para diversos modelos de negócio.
 
Separamos um vídeo para você entender melhor como funciona na prática esta solução: Cardápio Digital totalmente integrado ao PDV + Gestão completa!
 


Cardápio digital com QR Code

Existe um tipo de cardápio digital que pode ser usado em qualquer dispositivo: o menu via QR code. Nessa modalidade, um QR Code que leva à carta fica à vista dos clientes, que podem escaneá-lo com as câmeras de seus próprios celulares. Isso torna a solução interessante para negócios que costumam atuar em eventos, além de estar se popularizando entre estabelecimentos de fast food.

Quais são as vantagens de se adotar o cardápio digital?

Como dito anteriormente, o cardápio digital é uma solução que traz benefícios tanto ao cliente quanto aos estabelecimentos de food service. Entre elas, estão:

Proporciona uma experiência diferenciada ao cliente

Atualmente, fatores como uma comida impecável, uma carta de vinhos bem selecionada e um serviço de primeira já não são o suficiente para atrair e reter clientes. O consumidor atual é mais exigente, e, assim, tem sede de inovação e tecnologia. A adoção do cardápio digital pode parecer uma mudança pequena na operação de um restaurante, mas é algo totalmente novo para o público. Consequentemente, pode ser um diferencial competitivo em relação à concorrência.

Facilita a customização de pratos

Além de uma operação diferenciada, o público atual privilegia bares e restaurantes que são flexíveis e permitem a customização dos pratos, seja removendo ou adicionando ingredientes. O problema é que, em um espaço com serviço tradicional, isso pode confundir e sobrecarregar os garçons, aumentando as chances de erros e insatisfação por parte do consumidor. Novamente, o cardápio digital funciona como vetor de uma experiência diferente para o público. Por meio de menus e botões específicos, bem como de campos de observações, é possível que cada consumidor dê o seu toque pessoal no pedido, aumentando as chances de que ele saia satisfeito.

Elimina custos com impressão

Entre aluguel, insumos e pessoal, as despesas de funcionamento de um estabelecimento de food service são consideráveis. Por essa razão, qualquer corte de gastos que possa ser feito sem prejudicar a qualidade da entrega ao público deve ser vista com bons olhos. Por mais que demande um certo investimento inicial por parte do empreendedor, no longo prazo, o cardápio digital ajuda a reduzir as despesas operacionais do negócio. Isso pois, caso haja mudanças no menu ou mesmo na identidade visual do negócio, não será preciso gastar com a impressão de novos cardápios: basta atualizar a plataforma.

Facilita uma maior variação no cardápio

O princípio da escassez é um dos norteadores da área de marketing e vendas. Na prática, isso significa que as pessoas tendem a sentir mais urgência em comprar um produto e serviço caso sintam que ele é escasso. No caso de bares e restaurantes, esse princípio pode ser aplicado em forma de pratos e bebidas de edição limitada, como os sazonais. Eles podem tanto remeter a determinada época do ano, como o Natal, quanto aproveitar ingredientes típicos de certa época. O cardápio digital facilita consideravelmente a adoção dessa estratégia. Como ele simplifica e elimina os custos das mudanças no mix de produtos, os itens de edição limitada podem ser adicionados e removidos de forma praticamente instantânea.

Reduz despesas com erros e falhas de comunicação

Por mais que ter o salão cheio seja o que o empreendedor do food service mais deseja, esses momentos podem gerar stress e constrangimentos para os clientes. Isso pois, quando há muita demanda, é comum que os garçons se confundam, entregando pedidos errados. Eles, por sua vez, implicam em prejuízo para o negócio, já que devem ser substituídos sem custo para o consumidor. Mais uma vez, o cardápio digital se revela uma poderosa ferramenta de supressão de gastos desnecessários. Como os pedidos realizados através desta solução são enviados diretamente à cozinha e ao bar, as chances de erros caem consideravelmente.

Simplifica a gestão do negócio

As melhores plataformas de cardápios digital do mercado permitem a integração com o sistema de gestão ERP usado pelo estabelecimento. Consequentemente, pedidos são deduzidos do estoque e valores recebidos são enviados ao fluxo de caixa de forma automática. Além disso, é possível extrair relatórios detalhados, que, por sua vez, proporcionam dados extremamente estratégicos sobre as preferências do seu público. Em outras palavras, a ferramenta simplifica a gestão do negócio, tornando-a mais exata e orientada a resultados.

Acelera o fechamento da conta

Em dias de salão cheio e com clientes em espera, entregar a conta rapidamente aos clientes que a solicitarem é fundamental para manter o movimento. O cardápio digital é de grande ajuda nessa tarefa: por ser um sistema informatizado, ele permite o fechamento das comandas de forma instantânea.  



Como aproveitar ao máximo o cardápio digital em meu negócio?

Ainda que o cardápio digital, por si só, já proporcione uma série de benefícios ao seu negócio, existem algumas dicas a serem seguidas para tirar o máximo proveito da funcionalidade.
 
A primeira delas é contratar a solução junto a um fornecedor que possa suprir e atender a sua real necessidade. Itens como o suporte técnico e a experiência com o ramo de food service são ótimos critérios de seleção.
 
Da mesma forma, é muito interessante que o cardápio digital funcione de maneira plenamente integrada ao seu sistema de gestão ERP. Por mais que esse critério pareça apenas um detalhe, ele simplifica sensivelmente a gestão do seu negócio graças ao fluxo automatizado de informações entre as plataformas, agilizando consideravelmente diversos processos internos do seu negócio.
 
Conheça agora mesmo, de forma 100% gratuita, um sistema de gestão ERP que pode auxiliar na administração e controle total do seu negócio. Basta acessar, preencher um formulário com 4 perguntas, que automaticamente você será direcionado(a) para dentro da ferramenta online, diretamente em seu navegador. Simples, fácil e rápido: Clique aqui e teste grátis!
 
 
 
 
 

Posts Recomendados

Nenhum Comentário ainda! Seja o(a) Primeiro(a) a Comentar!!!


Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *