O contato com o cliente não termina no momento em que ele paga pelas compras: uma boa mensagem de pós-venda pode ser muito importante para sua estratégia comercial. Afinal, o pós-venda é uma oportunidade para estreitar o relacionamento com o cliente, com o objetivo de fidelizá-lo e torná-lo um advogado da marca — o que, em última instância, se converte em mais vendas. 

De modo geral, as empresas prestam muita atenção e investem muita energia pensando em como atrair novos clientes e como convencê-los a comprar. Mas, além disso, é bem importante desenvolver estratégias de pós-venda — para manter um relacionamento com os clientes, depois que eles são conquistados pela primeira vez. 

Isso é feito com dois objetivos principais em mente:

  • Fidelizar clientes, para que eles continuem frequentando seu estabelecimento e comprem cada vez mais. Afinal, conquistar um novo cliente pode custar de 5 a 7 vezes mais que manter um cliente atual, segundo o famoso professor de marketing Philip Kotler.
  • Criar advogados de marca — isto é, oferecer uma experiência tão incrível para seus clientes, que eles terão vontade de falar sobre isso com outras pessoas e indicar novos clientes para o estabelecimento. 

É claro que existem diversas estratégias que você pode aplicar em sua loja ou restaurante para alcançar esses objetivos. A questão é que a mensagem de pós-venda é um dos jeitos mais simples, baratos e eficientes para começar a fazer isso. A partir disso, você consegue desenvolver outras estratégias mais complexas de pós-venda. 

 

Confira outros conteúdos para ajudar sua empresa a crescer no blog da ConnectPlug

 

Como enviar uma mensagem de pós-venda?

Para enviar uma mensagem de pós-venda interessante é eficiente, você precisa decidir como enviá-la. Tudo depende dos contatos que você tem disponíveis — e que você pode pedir para os clientes, no momento da primeira compra. O mais importante é moderar a intenção de demonstrar cuidado, sem parecer invasivo.

Nesse sentido, você pode enviar diversos tipos de mensagem por vários canais, como nos exemplos a seguir. Tenha em mente que, para economizar tempo, você pode deixar alguns modelos de mensagens preparados — e apenas enviá-los pelo canal escolhido.

mensagem de pós-venda

 

Mensagem de pós-venda por WhatsApp

Essa é a opção mais comum, tendo em vista o enorme alcance dessa rede social no Brasil: cerca de 169 milhões de pessoas o utilizam no país. Como a comunicação pelo WhatsApp costuma ser mais direta, é importante escrever uma mensagem curta e sucinta que:

  • chame o cliente pelo nome,
  • agradeça por ele escolher seu estabelecimento,
  • diga que seu estabelecimento continue à disposição.

Dependendo das especificidades do seu estabelecimento (e do atendimento prestado ao cliente), você pode incluir outras informações além dessas — desde que sua mensagem não fique muito longa. 

Além disso, se você optar por enviar imagens, certifique-se de que os textos estão legíveis e que a imagem foi encaminhada corretamente, junto ao texto. De qualquer maneira, um texto simples, mas bem escrito, já funciona muito bem como mensagem de pós-venda. 

 

Mensagem de pós-venda por e-mail

Outro canal muito popular para mensagens de pós-venda é o e-mail. Essa é uma escolha interessante para e-commerces, já que os cadastros costumam exigir e-mails e a maioria das mensagens transacionais (como confirmação de compra) chegam por este canal.

No e-mail, você pode desenvolver uma comunicação um pouco mais longa, misturando imagens e textos. Agradeça pela compra, conte um pouco mais sobre seu estabelecimento e convide o cliente a segui-lo nas redes sociais. Além disso, você pode oferecer um cupom de desconto para uma próxima compra. 

Contudo, as mensagens por e-mail também envolvem questões técnicas: evite enviar toda a mensagem como uma única imagem, pois ela pode não ser exibida corretamente em todos os dispositivos. 

 

Mensagem de pós-venda em cartão físico

Essa é uma estratégia mais tradicional, por assim dizer, mas que funciona muito bem para lojas. Você pode deixar um pequeno cartão na sacola do cliente, com um texto curtinho agradecendo pela compra e convidando o cliente a voltar para a loja. Essa ideia também é interessante para restaurantes que funcionam no delivery.

Em todos os casos, é importante pensar na logística — você precisa produzir e imprimir os cartões em quantidade suficiente para o número de pedidos. Nesse sentido, você pode fazer cartões mais simples, apenas com o texto e uma impressão “caseira”, ou produzir um design mais elaborado, com uma impressão melhor. Em todo caso, não se esqueça que o mais importante é entregar algo que chame a atenção do seu cliente.

 

Mensagem de pós-venda via aplicativo

Por fim, os restaurantes que aceitam pedidos em aplicativos de delivery, como o iFood, têm a opção de enviar mensagens de pós-venda pelo próprio app, aproveitando a função de chat da plataforma. 

Para isso, basta criar uma mensagem interessante e simpática e deixá-la salva para enviar a todos os clientes, quando o pedido sair para entrega. Não se esqueça de agradecer, pedir que o cliente deixe sua avaliação e convidá-lo a fazer um novo pedido, caso queira. 

mensagem de pós-venda

 

Como escrever mensagens de pós-venda para clientes?

Evite seguir exemplos de mensagem de pós-venda: o ideal é desenvolver uma ideia única para o seu comércio, pensando nos seus clientes e na relação que você deseja estabelecer com eles. E tenha em mente que não é difícil pensar numa mensagem, quando você sabe o que quer dizer e quais são os seus objetivos. 

Você pode criar uma mensagem de pós-venda com várias abordagens:

  • apenas agradecer pela compra, pensando em ganhar a simpatia do cliente;
  • convidá-lo para acompanhar seu estabelecimento nas redes sociais;
  • solicitar um feedback, como uma pesquisa de satisfação, avaliação no aplicativo de delivery ou Google Meu Negócio.
  • convidar o cliente a fazer mais compras no estabelecimento (upselling e cross selling). 

Como comentamos, fazer essa mensagem é mais simples do que pode parecer à primeira vista. Você pode tirar um tempo para criar o seu próprio modelo de mensagem pós-venda — e, depois, você só adapta esse modelo para todos os clientes. Para saber como fazer isso, na prática, nós sugerimos os passos a seguir. 

 

1. Crie um documento, com todas as ideias

Uma frase famosa, atribuída ao escritor Ernest Hemingway, diz que você deveria “escrever bêbado e editar sóbrio”. Trata-se de uma metáfora, é claro, mas o propósito é colocar todas as ideias no papel, sem filtro. Só depois de escrevê-las é que você escolhe as melhores ou faz qualquer edição — isso estimula a criatividade e gera textos mais interessantes. 

Para ter ideias, lembre-se dos objetivos que mencionamos acima. Sua mensagem precisa agradecer ao cliente pela compra, mostrar que ele é importante para seu estabelecimento e, depois, pode convidá-lo a continuar frequentando ou fazer uma nova compra. 

 

2. Trabalhe nas melhores ideias e peça opiniões

Se você não tem certeza de qual é o melhor caminho para sua mensagem de pós-venda, você pode pedir a opinião de seus colaboradores, amigos ou até clientes mais próximos. O importante é criar uma conexão com os clientes, com simpatia, mas sem “forçar a barra”.

Dito isso, você talvez perceba que sua mensagem precisa de alguns ajustes, mesmo depois de enviá-la para os clientes. Mas não tem problema: você pode implementar melhorias — e seus clientes vão perceber isso.

 

3. Revise os textos, para evitar erros ortográficos

Por fim, outra questão essencial é evitar erros ortográficos — alguns clientes podem não percebê-los, mas caso alguém perceba, isso pode atrapalhar muito sua estratégia. 

Então, escreva em um bom editor de textos, como o Word ou Google Docs, que possui um corretor ortográfico integrado. Além disso, evite utilizar uma linguagem muito informal (com abreviações, por exemplo), nesse tipo de comunicação. A linguagem da internet é adequada para trocas de mensagens, no dia a dia, mas a mensagem de pós-venda exige a norma culta da língua portuguesa. 

Além disso, sempre existe a opção de pedir ajuda a uma inteligência artificial, como o Chat GPT. Mas tenha em mente que essas ferramentas são boas para dar ideias — os textos que elas escrevem podem ser bastante genéricos. E ser genérico é exatamente o que você não quer em uma mensagem de pós-venda, não é mesmo?

Então, esperamos que essas dicas ajudem você a criar mensagens interessantes para criar uma relação sólida com seus clientes no pós-venda. Como mencionamos na introdução, esse tipo de mensagem pode ser o primeiro passo para você fidelizar clientes e torná-los advogados da marca

 

Veja também o nosso guia completo de Estratégias de Promoção:

 

mensagem de pós-venda

Posts Recomendados

Nenhum Comentário ainda! Seja o(a) Primeiro(a) a Comentar!!!


Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *