Em um cenário onde a responsabilidade ambiental tornou-se uma prioridade global, os estabelecimentos gastronômicos estão cada vez mais desafiados a adotar práticas sustentáveis. Este desafio, no entanto, não apenas representa uma necessidade, mas também uma oportunidade única para os restaurantes se destacarem, construírem uma reputação sólida e contribuírem para um futuro mais verde. 

É neste contexto que o Certificado ISO 14001 surge como uma ferramenta essencial para a transformação sustentável de restaurantes. 

Neste artigo, vamos explorar os benefícios que a certificação traz para restaurantes, fornecendo uma visão sobre as etapas práticas de implementação, perspectivas, entre outros pontos. 

 

ISO 14001:

A ISO 14001 é uma certificação de padrão internacional empregado na avaliação da qualidade dos sistema de gestão ambiental e sua eficácia em empresas de variados tamanhos.

As entidades certificadoras adotam critérios alinhados aos padrões internacionais de qualidade. Contudo, também consideram a realidade local e o setor no qual a empresa a ser certificada está inserida. 

A certificação estabelece diretrizes claras para a implementação de um Sistema de Gestão (SGA). No contexto de restaurantes, isso se traduz em um roteiro preciso para a redução do impacto ambiental, a gestão eficiente de recursos e a conformidade com as regulamentações ambientais. 

A ISO 14001 é voluntária, mas é amplamente aceita como um padrão de referência para a gestão ambiental. 

Em restaurantes, a certificação pode ajudar as empresas a reduzir seu impacto ambiental de várias maneiras, incluindo:

  • Reduzindo o uso de recursos, como água, energia e materiais: por exemplo, os restaurantes podem instalar torneiras com sensores de movimento, desligar as luzes quando os espaços não estiverem em uso e reciclar e compostar resíduos.
  • Reduzindo a poluição: Por exemplo, os restaurantes podem usar produtos de limpeza ecológicos, reduzir o uso de produtos químicos e evitar o descarte de resíduos tóxicos.
  • Garantindo a sustentabilidade de seus fornecedores: Os restaurantes podem exigir que seus fornecedores atendam a padrões ambientais específicos, como o uso de embalagens recicláveis ou a produção de alimentos com baixo impacto ambiental. 

 

iso 14001

 

Requisitos:

A norma estabelece diversos requisitos, os quais devem ser atendidos pelas empresas por meio da documentação, implementação, manutenção e promoção contínua do seu Sistema de Gestão Ambiental (SGA).

 

Requisitos Gerais:

Isso implica definir e documentar o escopo da SGA, assim como determinar a abordagem para atender a tais requisitos. A conformidade integral com as leis ambientais aplicáveis à empresa é obrigatória. 

 

Política Ambiental: 

Este requisito desempenha um papel crucial na SGA, delineando a estratégia ambiental da empresa. É essencial que a política ambiental seja adequada à natureza, escala e impactos ambientais da empresa, comprometendo-se com a melhoria contínua, prevenção da poluição e conformidade legal. A política deve ser documentada, comunicada internamente e disponibilizada ao público. 

 

Planejamento:

A estrutura de planejamento do SGA visa estabelecer procedimentos para identificar e controlar os impactos ambientais relevantes das atividades e processos da empresa, em conformidade com os requisitos legais. A avaliação de impactos ambientais busca garantir que os aspectos responsáveis por impactos significativos sejam considerados na definição de objetivos e metas, promovendo uma gestão ambiental sistemática para redução de impactos e melhoria contínua. 

 

Implementação e Operação:

Estabelecer, documentar e comunicar funções e responsabilidades são fundamentais para assegurar a eficiência do SAG. Além disso, garantir a disponibilidade de recursos necessários, como tecnologia adequada, recursos financeiros, pessoal capacitado e qualificações específicas, é essencial para implementar e controlar o sistema de gestão. 

 

Verificação e Ações:

A documentação de processos de monitoramento e mediação de atividades impactantes é necessária. Regularmente, os resultados do monitoramento devem ser enviados ao órgão ambiental competente. Não conformidades com a norma ISO 14001 exigem ações para minimizar impactos, incluindo medidas preventivas e/ou corretivas. Identificar a causa raiz e tratá-la de maneira eficaz é crucial para eliminar ou mitigar efeitos negativos. 

 

Análise Crítica:

Essa etapa visa avaliar a necessidade de alterações da Política Ambiental e nos objetivos da empresa, garantindo busca contínua por melhoria e aprimoramento do desempenho ambiental. A administração deve realizar a análise crítica do SGA antes da auditoria ambiental, permitindo avaliar a eficácia do sistema, identificar oportunidades de melhoria e garantir conformidade com os requisitos da norma ISO 14001, assim como leis e regulamentos ambientais positivos. 

iso 14001

 

Etapas:

É fundamental buscar todas as oportunidades e aprimoramentos nos processos do negócio por meio da perspectiva do Sistema de Gestão Ambiental (SGA), visando a redução de impactos das atividades produtivas no meio ambiente. A norma ISO 14001, no Brasil, aplicada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), regula esse sistema estabelecendo os requisitos para implementação e operação. 

É importante salientar que esse modelo sustentável de gerenciamento se baseia em cinco princípios essenciais, que devem ser seguidos pelas empresas:

 

  1. Adquirir compreensão do que precisa ser realizado, garantindo o comprometimento com o SGA e delineando uma política ambiental.
  2. Desenvolver um plano de ação direcionado ao cumprimento dos requisitos da política ambiental;
  3. Garantir as condições para alcançar os objetivos e metas ambientais, implementando as ferramentas de suporte necessárias;
  4. Realizar avaliações qualitativas e quantitativas periódicas da conformidade ambiental da empresa
  5. Revisar e aprimorar a política ambiental, os objetivos e metas, bem como as ações implementadas, a fim de garantir a melhoria contínua do desempenho ambiental da empresa.

Para obter a certificação ISO 14001 é necessário entrar em contato com um dos Organismos de Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental acreditado pelo INMETRO clicando em Organismos de Sistema de Gestão Ambiental – OCA.

 

Benefícios:

Redução de Desperdícios de Alimentos e Embalagens:

  • Implementação de práticas para minimizar o desperdício de alimentos e otimização do uso de embalagens.
  • Redução de custos associados à compra excessiva e descarte de alimentos.

 

Eficiência Energética na Cozinha e Áreas Operacionais:

  • Adoção de tecnologias mais eficientes e práticas operacionais para reduzir o consumo de energia. 
  • Investimento em equipamentos energeticamente eficientes. 

 

Melhoria na Gestão de Resíduos e Reciclagem:

  • Implementação de sistemas de coleta seletiva e parcerias com empresas de reciclagem.
  • Redução de pegada de resíduos e contribuição para a economia circular.

 

Fortalecimento da Reputação e Atração de Clientes:

  • Comunicação transparente das iniciativas sustentáveis para clientes e comunidade.
  • Atração de clientes conscientes, resultando em fidelização e novos públicos. 
  • Melhora a imagem da empresa perante o mercado. 

 

Redução de Custos Operacionais:

  • Otimização de recursos leva a uma redução significativa nos custos operacionais.
  • Benefícios financeiros diretos através de práticas mais eficientes. 

 

A maioria dos restaurantes e grandes redes de food service ao nível nacional e internacional, tem o certificado ISO 14001, os exemplos vão de McDonalds, Burger King, até Cheesecake Factory. 

 

iso 140001

 

Desafios Específicos para Restaurantes na Busca pela Certificação ISO 14001:

Apesar dos inúmeros benefícios associados à certificação ISO 14001, é crucial reconhecer e enfrentar os desafios específicos que restaurantes podem enfrentar ao buscar a implementação do SGA. 

 

Complexidade na Gestão de Fornecedores Sustentáveis:

  • Dificuldade na identificação e integração de fornecedores alinhados com práticas sustentáveis. 
  • Estratégias para estabelecer parcerias sólidas e promover cadeias de abastecimento mais sustentáveis. 

 

Sensibilização e Engajamento da Equipe:

  • Desafios em envolver toda a equipe nas práticas sustentáveis do restaurante.
  • Estratégias para educar e motivar a equipe, incentivando a adoção de comportamentos sustentáveis. 

 

Conformidade com Regulamentações Locais:

  • Variações nas regulamentações ambientais locais, estaduais ou nacionais.
  • Estratégias para garantir conformidade contínua e atualização constante em relação às normativas.

 

Resistência à Mudança e Cultura Organizacional:

  • Desafios na superação de resistências à mudança dentro da cultura organizacional.
  • Estratégias de comunicação e liderança para promover uma mentalidade orientada para a sustentabilidade. 

 

Conclusão:

Ao observar os caminhos de implementação do Certificado ISO 14001 em restaurantes, se torna evidente que essa jornada é um compromisso com a sustentabilidade, e com o seu estabelecimento. A certificação abre portas para benefícios como a redução de desperdícios e custos operacionais e também posiciona o negócio como agente de mudança positiva no mundo e na indústria como um todo.

Ao adotar práticas sustentáveis e obter a certificação, os restaurantes não apenas atendem a padrões ambientais rigorosos, mas também contribuem para um futuro mais sustentável. Essa certificação representa um passo concreto em direção a uma operação mais eco-friendly, promovendo a responsabilidade ambiental na indústria gastronômica. 

 

Veja também o nosso guia completo de como ser um empreendedor de sucesso:

iso 14001

Posts Recomendados

Nenhum Comentário ainda! Seja o(a) Primeiro(a) a Comentar!!!


Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *