Previsão de demanda: o que é e como beneficia seu negócio

Previsão de demanda: o que é e como beneficia seu negócio

Esqueça a bola de cristal: a previsão de demanda é muito mais do que mera adivinhação! Escolher o melhor método é fundamental para acertar na estimativa.

A gestão de estoque pede exatidão: tanto insumos insuficientes quanto em excesso são perda de dinheiro. Mas, como evitar erros, compras feitas em quantidades inadequadas e, consequentemente, prejuízo?

É aí que entra a previsão de demanda. Essa ferramenta de gestão permite traçar o cenário futuro do seu negócio, facilitando o alinhamento das relações com fornecedores, precificação e orçamento a variáveis internas e externas.

Clique para ir direto ao assunto que te interessa:

O que é a previsão de demanda?

Os métodos de previsão de demanda avaliam fatores internos e externos, de modo a estimar qual será a procura pelo produto ou serviço oferecido pelo seu negócio.

Não é bola de cristal: a análise é feita com base em dados concretos e complexos, de modo a traçar o cenário com a maior exatidão possível.

Para que serve a previsão de demanda?

previsao de demanda
A previsão de demanda permite ajustar metas e estratégias do negócio a mudanças de cenário.

No mundo empresarial, quem se previne sai na frente!

Todo empreendedor sabe que um negócio sempre tem um risco inerente. Entretanto, é possível – e muito vantajoso – adiantar o que está por vir. Assim, você se prepara e evita que mudanças de cenário causem um baque forte nos seus negócios.

Desta forma, em uma época de instabilidade política e econômica, a previsão de demanda se torna ainda mais importante. Se você tem um pequeno negócio, fique atento: mudanças bruscas têm ainda mais potencial de te prejudicar, devido ao orçamento mais enxuto das MPEs. Além disso, munido da estimativa, você pode adaptar sua gestão de estoque e reduzir os custos.

Como fazer a previsão de demanda?

Não há uma única maneira de fazer previsão de demanda. É possível usar tanto o método quantitativo quanto o qualitativo:

Método quantitativo

O método quantitativo de previsão de demanda consiste em uma análise dos números de períodos anteriores. Parte-se do princípio de eles se repetirão no futuro.

Consequentemente, ele é indicado para negócios que não são fortemente influenciados pelo fator sazonalidade, e que têm uma procura razoavelmente estável durante todas as épocas do ano. Além disso, é muito importante ter todos os dados e resultados de períodos anteriores devidamente registrados.

Método qualitativo

Empresas que atuam em ramos mais complexos, com altas variações de demanda ao longo do ano e forte influência de fatores externos, não podem se valer exclusivamente no método quantitativo: é preciso fazer uma análise mais complexa.

É aí que entra o método qualitativo da previsão de demanda. Nele, os números são cruzados com fatores internos e externos (novas leis, decisões políticas, clima, tendências, mudanças internas, etc). É feita uma análise de como eles interagem com o negócio e impactam os resultados.

Em grandes empresas, isso geralmente é feito pelos executivos mais experientes, que conhecem mais o mercado. Nas pequenas, que têm equipes menores, a tarefa geralmente é executada pelo proprietário.

Ainda assim, as impressões do restante da equipe também são importantes. Por exemplo: em um restaurante, os garçons podem identificar uma característica no comportamento dos clientes que o proprietário não nota, justamente por estar absorto nas rotinas administrativas.

-

Quando fazer a previsão de demanda?

previsao de demanda
A previsão de demanda serve para muito mais do que meramente estimar as vendas.

Todos os negócios devem fazer avaliações constantes de suas políticas, de modo a alinhar sua estratégia com a realidade.

No caso da previsão de demanda, ela deve ser revista com uma periodicidade específica. Digamos que você estime a demanda para os próximos seis meses: um pouco antes do fim desse período, é preciso repetir o processo. Também é importante avaliar se a demanda prevista se cumpriu.

Se você faz um planejamento estratégico da empresa – pois deveria! – as metas devem estar alinhadas com a previsão de demanda. Do contrário, você corre o risco de estabelecer objetivos inatingíveis.

Não se esqueça de trabalhar com uma margem de erro: alguns fatos são realmente imprevisíveis. Seu impacto deve ser minimizado com o estoque de segurança, para garantir que os clientes não fiquem sem suas mercadorias.

Também é importante ter a demanda em vista ao precificar um produto ou serviço – quanto maior ela for, maior pode ser o preço.

Uma demanda maior também permite que você compre mais e com mais frequência de seus fornecedores. Isso dá margem para que você negocie preços melhores e adquira uma importante vantagem estratégica perante a concorrência.

Hoje, você aprendeu sobre a previsão de demanda, o que é e para que serve. Continue nos acompanhando para receber mais conteúdo de qualidade sobre o mundo do empreendedorismo! Em caso de dúvida, fale com a gente pelo contato@cplug.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: