Frente de caixa: 4 ótimos motivos para prestar atenção nela

Frente de caixa: 4 ótimos motivos para prestar atenção nela

A frente de caixa é crítica para qualquer comércio. Além da finalização das compras, ali também há o encerramento da experiência do cliente. Veja por que cuidar melhor dela a partir de hoje mesmo!

O que é a frente de caixa para você? Simplesmente um local com uma caixa registradora, onde você finaliza as vendas… Ou uma mina de ouro de oportunidades de negócio?

Se você fizer essa pergunta a um empreendedor visionário, a resposta dele, com certeza, será a segunda opção. Afinal, quem se sobressai enxerga oportunidade onde outros veem apenas obrigação!

Você ainda não toma um cuidado especial com a frente de caixa do seu negócio? Te asseguramos: continue lendo e você vai ser persuadido a vê-la com toda a importância que ela merece!

Confira estas 4 razões irrefutáveis para prestar atenção em sua frente de caixa e usá-la como trampolim para impulsionar suas vendas

Clique para ir direto ao assunto que te interessa:

  1. A frente de caixa é a cereja do bolo da sua loja
  2. É uma oportunidade para aumentar as vendas
  3. É uma grande oportunidade para fidelizar seus clientes
  4. As chances de fraude na frente de caixa são altas
  5. Em suma, cuidar da sua frente de caixa é cuidar do seu dinheiro!

1. A frente de caixa é a cereja do bolo da sua loja

Mix de produtos diversificado e do agrado do seu perfil de cliente, equipe super bem treinada e que oferece um atendimento diferenciado, loja climatizada, limpa e com bom aspecto. É indiscutível que estes são fatores muito importantes para que o cliente tenha uma boa experiência e volte sempre!

Acontece que não adianta nada pensar em tudo isso e descuidar com a frente de caixa. Coloque-se no lugar do cliente! Se, quando chega a hora de pagar, ele encontra uma fila enorme, atendimento lento e poucos métodos de pagamento, tenha certeza de que a boa experiência que ele teve até o momento será totalmente anulada.

Moral da história: não basta fazer um bolo com massa fofa e saborosa. É preciso caprichar na cobertura e ainda colocar uma cereja no topo! A frente de caixa eficiente é, justamente, a cereja no topo de uma experiência que já foi ótima e termina perfeitamente.

2. É uma oportunidade para aumentar as vendas

frente de caixa
Aproveite as compras por impulso na frente de caixa pra aumentar as vendas.

Você acabou de almoçar, lembra que precisa comprar algumas coisas para casa e resolve dar uma passadinha no mercado.

Enquanto está na fila do caixa, há um mostrador cheio de doces bem na sua frente. “Hmmm, um docinho cairia bem agora!” você pensa, enquanto coloca uma barra de chocolate na cestinha, quase sem pensar. Afinal, custa pouco dinheiro e você acabou de almoçar. É a união do útil com o agradável!

Isto, que acabamos de descrever, é uma situação de compra por impulso. A cena se repete todos os dias, o que faz com que a estratégia seja muito usada por varejistas para aumentar as vendas. Ou você acha que todos aqueles doces tentadores estão à mostra na fila do caixa à toa?

A estratégia é simples! Deixe em um local de fácil visão produtos que praticamente todas as pessoas gostam, que sejam baratos e não exijam um tempo longo de decisão de compra. Balas, chocolates, chicletes, salgadinhos, etc, são boas opções.

Guarde um espacinho na frente de caixa para estes produtos. Garantimos: quando chegar a hora de calcular o resultado do seu negócio, você vai ver a diferença. Já dizia a sua avó: de grão em grão, a galinha enche o papo!

3. É uma grande oportunidade para fidelizar seus clientes

Muitos varejistas oferecem programas de fidelidade. Basicamente, eles são um incentivo para que o cliente gaste mais e tenha algum benefício em troca. Os mais frequentes são concorrer a prêmios, ganhar descontos e receber avisos de ofertas antes do público em geral.

É na frente de caixa que estes programas são oferecidos. Construa um plano de benefícios atraente, um sistema de pontuação bem planejado e funcionários treinados para falar sobre ele. Tenha certeza de que a sua fidelização e, consequentemente, retenção de clientes vai subir — e muito!

Além disso, instrua seus operadores de caixa a perguntar ao cliente se ele teve uma boa experiência na loja e o que pode ter melhorado. Seu freguês vai gostar de ser ouvido, o que fará com ele que volte mais vezes – desde que você leve os comentários a sério, é claro!

4. As chances de fraude na frente de caixa são altas

frente de caixa
Muito suscetível a fraudes, a frente de caixa é um ponto crítico de todos os negócios.

Nem tudo são flores: a frente de caixa é onde sua equipe lida diretamente com dinheiro, produtos e estoque, tudo em um lugar só. Ou seja: é a tempestade perfeita para que você tenha problemas com fraudes.

Essas são algumas das mais comuns. Todas são facilmente evitáveis com a fiscalização adequada:

-

Fraude da compra simulada na frente de caixa

Neste esquema, o operador finge que passa o código de barras do produto do leitor, mas não o escaneia corretamente. O produto volta ao estoque e, para a loja, é como se a venda nunca tivesse acontecido.

Mas, e o dinheiro? Fica com o operador de caixa. É aí que mora a importância de contar com colaboradores de confiança!

A boa notícia é que essa fraude é impossível de cometer no caso de pagamento com cartão de crédito ou débito. Ela só funciona caso o cliente pague em dinheiro, algo cada vez menos frequente.

Fraude da devolução

Neste tipo de fraude, a compra é registrada totalmente nos conformes. Entretanto, o cupom fiscal não é entregue ao consumidor.

Em posse do código da venda e da senha de cancelamento (geralmente disponibilizada apenas ao gerente), o funcionário consegue registrar uma devolução de mercadoria que nunca aconteceu. Novamente, ele fica com o dinheiro.

Felizmente, neste caso, uma simples conferência de estoque desmascara a situação. Afinal, a quantidade de produtos no registro não vai bater com o número real em estoque.

Fraude do código de barras

Neste tipo de fraude, o funcionário registra um produto caro com o código de outro mais barato e registra a compra normalmente. Em seguida, ele embolsa a diferença.

Digamos que seu cliente compre uma taça de cristal, mas que ela esteja registrada com o código de barras do modelo feito de vidro comum. O cliente vai pagar pela taça de cristal, mas o sistema vai registrar a venda de uma taça de vidro, mais barata.

Novamente, é um tipo de fraude que pode ser descoberto em uma conferência de estoque: no caso do exemplo acima, o sistema terá registrado várias vendas de taças de cristal, mas todo o carregamento ainda estará armazenado. Em compensação, a quantidade de taças de vidro estará abaixo do registrado.

Novamente, é uma fraude que só pode ser cometida no caso de pagamentos em dinheiro, cada vez mais raros hoje em dia.

Lembre-se: as chances de fraude são diretamente proporcionais à quantidade de vendas processadas por dia. Você escoa muitos produtos mas não tem tempo de fiscalizar a frente de caixa? Vale a pena contratar um gerente ou designar um funcionário de confiança para ajudar na fiscalização.

Em suma, cuidar da frente de caixa é cuidar do seu dinheiro!

Está claro que a frente de caixa é um ponto crítico em qualquer comércio. Isso independe de seu porte, do mix de produtos, do ticket médio e de outros fatores.

Além de perder possibilidades de vendas, fidelização de clientes e de proporcionar uma boa experiência aos compradores, não cuidar do seu checkout pode significar fraudes. Isso acarreta em perda de lucro e de competitividade, tudo o que você não quer!


Hoje, você aprendeu por que cuidar bem da sua frente de caixa. Continue nos acompanhando para receber mais conteúdo de qualidade sobre o mundo do empreendedorismo! Em caso de dúvida, fale com a gente pelo contato@cplug.com.br. 😉

Gostou do conteúdo? Então confira esse material exclusivo, com mais dicas fundamentais para encurtar o caminho do seu negócio até o sucesso:

kit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: