Como decorar uma loja de roupas? Um passo a passo para iniciantes

Como decorar uma loja de roupas? Um passo a passo para iniciantes

Saber como decorar uma loja de roupas pode ser a diferença entre um negócio de sucesso e um estabelecimento vazio. Algumas dicas de decoração ajudam a atrair clientes e alavancar as vendas.

Em 2013, a consultoria A.T Kearney considerou o Brasil o 5º país com mais potencial do mundo para o mercado da moda. Mesmo com todas as dificuldades – principalmente tributação e infraestrutura – ele se sobressai pela qualidade de seus shopping centers e pelo alto interesse da população pelo segmento.

Mas não é só isso: na época, a consultoria estimou que o setor movimentaria quase US$50 bilhões até o ano de 2015. Assim, quem empreende no varejo de moda tem boas chances de sucesso!

Contudo, nem por isso o sucesso vai chegar automaticamente: ainda é muito importante fazer uma excelente administração do estabelecimento  e tomar medidas para se diferenciar da concorrência. Uma delas é saber como decorar uma loja para que ela atraia os clientes certos e, consequentemente, venda mais.

Preparamos esse simples passo a passo justamente para te ajudar com isso. Nele, você vai aprender como decorar uma loja para torná-la agradável, chamar a atenção e vender mais. Confira:

Clique para ir direto ao assunto que te interessa:

    1. Meça o espaço disponível
    2. Coloque-se no lugar do seu público
    3. Pense na personalidade da sua marca
    4. Elabore uma paleta de cores
    5. Defina quanto você pode gastar com a decoração
    6. Pesquise
    7. Simule a posição dos móveis dentro da loja
    8. Pense no aroma
    9. Pense na playlist
    10. Lembre-se da vitrine
    11. Identifique os pontos quentes e os pontos frios da loja

1. Meça o espaço disponível

como decorar uma loja de roupas
Uma loja de roupas pede cuidado redobrado com a arrumação para que não pareça abarrotada.

Antes de definir como decorar uma loja de roupas, você tem que saber com qual metragem vai trabalhar. Em bom português, quanto espaço você tem.

Logo, o primeiro passo é conferir qual é a metragem do local onde os clientes circularão. Assim, você já tem uma noção de como decorar a loja, os tamanhos ideais de móveis, como deve ser a iluminação, etc.

Estabelecimentos pequenos exigem cuidado redobrado: um item fora do lugar já dá a impressão de bagunça, o que tende a repelir clientes. Via de regra, a melhor opção é usar menos móveis.

2. Coloque-se no lugar do seu público

como decorar uma loja de roupas
As expectativas de cada público são diferentes. Lojas premium, por exemplo, devem fazer com que a compra seja uma experiência acima de tudo.

Agora que você já sabe o espaço disponível, é hora de exercitar a empatia. Coloque-se no lugar do seu cliente: o que ele buscará ao procurar a sua loja? A resposta varia muito conforme o posicionamento de mercado do seu estabelecimento!

Por exemplo: os clientes de uma loja popular buscarão, antes de tudo, itens baratos. Deste modo, não é tão importante que a decoração da loja seja projetada para proporcionar uma experiência de compra inesquecível.

Nesse caso, a funcionalidade se sobrepõe ao requinte: o espaço deve ser prático. Mas, nem por isso você deve abrir mão do bom gosto! Já ouviu falar que a primeira impressão é a que conta? Isso também se aplica à sua loja: o ambiente deve sempre ser agradável.

Agora, quando se trata do outro extremo – lojas de posicionamento premium – você precisa tomar mais cuidado com os detalhes. Quem a visita não quer apenas trocar dinheiro por um item, mas está em busca de toda a experiência de adquirir uma mercadoria de grife. A loja deve estar à altura.

Além de expor as roupas e oferecer um espaço para prová-las, você deve contar com um local para que os clientes relaxem e curtam o momento. Um sofá com uma mesa de centro – com revistas de moda para acompanhar – basta. Não se esqueça de oferecer água e café!

3. Pense na personalidade da sua marca

como decorar uma loja de roupas
Toda marca deve ter uma proposta. A decoração da sua loja deve refleti-la.

A forma como as pessoas se relacionam com marcas hoje é muito diferente da maneira como elas o faziam há algum tempo atrás. Atualmente, o público não quer meramente comprar, mas quer saber quais são os valores defendidos pela marca. Ele quer se identificar com ela, como se estivessem se relacionando com uma pessoa.

Portanto, antes de projetar a decoração da sua loja, reflita: o que ela defende e representa? Como os elementos decorativos poderiam expressar esses valores?

4. Elabore uma paleta de cores

como decorar uma loja de roupas
Apesar de cada cor enviar uma mensagem, o branco é um tom recomendado a todos os estabelecimentos.

Depois de pensar sobre a personalidade da sua marca, é a hora de expressar esses valores com a psicologia das cores. Sim, cada tom passa uma mensagem!

Por exemplo: o roxo é uma cor que remete ao futurismo e à inovação. Logo, é perfeito se você vende peças ousadas e contemporâneas.

Já o azul remete à seriedade e ao profissionalismo. Deste modo, combina com lojas que vendam roupas mais formais, usadas em ambientes executivos.

Independentemente disso, é altamente recomendado que você abuse do branco no interior do estabelecimento. Essa cor é poderosa e deixa qualquer ambiente mais amplo, agradável e convidativo. Tudo o que você quer que a sua loja seja!

5. Defina quanto você pode gastar com a decoração

como decorar uma loja de roupas
A decoração ideal atende às expectativas dos clientes, reflete a proposta da sua marca e cabe no seu bolso.

Você já sabe o espaço disponível, a expectativa do seu público e quais cores ressaltam a personalidade da sua marca. Hora de colocar as mãos à obra? Quase! Antes de mais nada, você precisa definir qual é o orçamento disponível para o trabalho de decoração.

Essa é uma etapa muito importante: não vale a pena estourar as finanças do seu negócio simplesmente para deixá-lo mais agradável. Como qualquer outro investimento, o projeto de decoração deve ser feito conforme as suas possibilidades.

Assim, dedique algumas horas à análise do seu fluxo de caixa e às previsões de vendas. Esses dados te darão uma noção do valor que você pode gastar.

-

6. Pesquise

como decorar uma loja de roupas
Visite o máximo de lojas possível antes de definir quais serão os elementos da decoração da sua loja.

Enfim chegou a hora de começar efetivamente o trabalho! Comece pela escolha dos elementos que serão usados em sua loja.

Se o seu orçamento permite que você contrate um decorador ou um arquiteto de interiores, faça isso. Esses profissionais são treinados para projetar ambientes que não sejam apenas bonitos, mas agradáveis e funcionais. Caso você não tenha verba para isso, leia revistas e blogs especializados em decoração para encontrar referências interessantes para trazer a seu negócio.

Gaste a sola dos sapatos, visite muitas lojas e olhe tudo, quantas vezes for preciso. Mas, tenha os pés no chão: lembre do seu orçamento!

7. Simule a posição dos móveis dentro da loja

como decorar uma loja de roupas
O posicionamento dos móveis é muito importante para a experiência do cliente. Portanto, é importante fazer uma simulação antes de instalá-los definitivamente.

Você pesquisou, analisou, mediu e crê que encontrou os móveis perfeitos para a sua loja?

Calma: não compre – ainda! Antes disso, é melhor fazer uma simulação de como eles ficariam em seu espaço.

Isso é mais fácil do que você imagina: é só usar fita crepe para simular o posicionamento dos móveis. Monte formas com as metragens e os formatos exatos dos móveis e pronto!

Depois disso, caminhe pela loja, seguindo o caminho que você imagina que os clientes percorrerão – tenha em mente que as pessoas tendem a olhar o lado direito primeiro. E não tenha pressa! Repita o processo várias vezes, com várias pessoas, se precisar. Enquanto isso, pense: é possível circular sem obstáculos? Está confortável? Não está muito apertado? Tudo isso conta!

8. Pense no aroma

como decorar uma loja de roupas
Use a memória olfativa a seu favor pra proporcionar uma melhor experiência a seus clientes.

Entretanto, as cores e os móveis não devem ser a sua única preocupação. Você já notou como alguns estabelecimentos parecem ter um aroma muito característico? Não é por acaso: nós, humanos, temos uma memória olfativa poderosa!

Investir em um aroma característico é muito interessante para uma loja. Quando o cliente entra, a memória olfativa entra em ação e ajuda a melhorar sua experiência. Não é à toa que grifes internacionais pagam profissionais para que criem aromas exclusivos para seus estabelecimentos!

Mas você não precisa ir tão longe: basta escolher um odor agradável, que não seja muito forte. Bom ar, perfume, tudo conta! Só é importante que você tenha constância e use o mesmo aroma sempre, sem ficar alternando.

9. Pense na playlist

como decorar um loja de roupas
A música correta complementa a atmosfera da sua loja.

O cheiro não é o único elemento da decoração da loja que você pode usar para incrementar a experiência do cliente: o som – ou seja, a música – também é importante.

Do mesmo modo que o odor, é importante que ela não seja dominante ou chamativa a ponto de ser incômoda. Deixe o volume nas alturas para as festas!

Dica: já percebeu que, em época de promoção, a maioria das lojas toca músicas agitadas? Não é por acaso! Esses ritmos, como o pop e o eletrônico, estimulam as pessoas a comprar mais. Só que, em excesso, deixam o ambiente pesado e repele clientes. Saiba usá-la!

10. Lembre-se da vitrine

como decorar uma loja de roupas
A vitrine é o chamariz da sua loja. Elabore-a com carinho!

Não é só com o interior da loja que você tem que se preocupar: a decoração da vitrine também merece uma atenção especial. Afinal, geralmente ela é o elemento que captura a atenção do cliente e faz com que ele entre na loja.

Confira algumas dicas para criar uma vitrine impossível de ignorar:

  • Assim como no restante da loja, menos é mais. Não deixe a vitrine abarrotada de mercadorias, isso lhe dá um aspecto ruim.
  • Prefira expor itens grandes, que podem ser vistos de longe, para impactar mais pessoas.
  • Mude a vitrine periodicamente e use inspirações temáticas, como os tradicionais gorros de Papai Noel nos manequins no fim do ano, ou os óculos de sol e chapéus no auge do verão.
  • Faça com que a sua vitrine conte uma história ao invés de meramente expor produtos.
  • Deixe os itens expostos na vitrine próximos à entrada da loja. Como são os chamarizes, os clientes devem encontrá-los sem dificuldades.
  • Ilumine-a de modo a valorizar os itens expostos! Prefira as lâmpadas de LED, mais econômicas.

11. Identifique os pontos quentes e os pontos frios da sua loja

como decorar uma loja de roupas
Posicione os itens mais rentáveis nos locais onde o olhar repousa naturalmente quando alguém entra na loja.

Tudo pronto e decorado? Chegou a hora de expor os seus produtos!

Não basta dispô-los pensando apenas na beleza: é preciso valorizar os itens mais rentáveis, de modo que eles tenham mais saída. Para isso, você tem que identificar os pontos quentes e frios da loja.

Os pontos quentes são aqueles que recebem mais atenção, e que é praticamente impossível entrar na loja sem ver. Já os pontos frios são o contrário: não muito valorizados, tendem a receber menos atenção que os pontos quentes.

Você provavelmente terá uma noção de sua localização ao realizar o passo 7: ao caminhar pelo espaço, você vai notar que o seu olhar se desloca naturalmente para determinados locais da loja. Esses são os pontos quentes.

Agora que você já sabe como decorar uma loja de roupas, chegou o momento que você mais esperava: vender!

Seguindo essas dicas, você saberá como decorar uma loja visando tanto a criação de um ambiente agradável, quanto de um ambiente que seguramente vai alavancar as suas vendas e ajudar o seu negócio a ser um sucesso.

Quer mais dicas imbatíveis para que a sua loja seja um sucesso? Baixe já nosso material gratuito e exclusivo:

kit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: