Como administrar uma loja: 21 dicas simples que te levam ao sucesso

Como administrar uma loja: 21 dicas simples que te levam ao sucesso

Saber como administrar uma loja vai muito além de manter as despesas inferiores às receitas: é preciso traçar metas, contratar pessoas talentosas e ser capaz de oferecer as melhores soluções a seus clientes.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), o varejo total tem uma importante esfera de influência sobre a economia brasileira: ele impacta mais de 47% do PIB. Não é à toa que muitos veem no varejo uma grande oportunidade para realizar o sonho de empreender!

Entretanto, antes de tudo, é preciso saber como administrar uma loja. Assim como qualquer outro negócio, isso exige habilidades e conhecimentos específicos.

Se é o seu caso, continue lendo! Nesse guia, você entra 21 dicas fundamentais para o sucesso do seu estabelecimento, independentemente do que você vende. Veja:

Clique para ir direto ao assunto que te interessa:

  1. Tenha um planejamento
  2. Invista na divulgação da sua loja
  3. Empenhe-se não apenas em atrair clientes, mas em fidelizá-los
  4. Traga sempre novidades
  5. Faça um controle de estoque eficiente
  6. Aprimore seu mix de produtos constantemente
  7. Cuide do seu relacionamento com seus fornecedores estratégicos
  8. Saiba a hora certa de fazer promoções e liquidações
  9. Tenha um orçamento – e siga-o!
  10. Mantenha finanças empresariais e pessoais separadas
  11. Saiba precificar suas mercadorias
  12. Contrate funcionários competentes e esclareça as obrigações de cada um
  13. Mantenha a equipe de vendas engajada e comprometida
  14. Estabeleça metas de vendas razoáveis e atingíveis
  15. Ofereça um atendimento personalizado
  16. Qualifique constantemente sua equipe
  17. Tenha um serviço de entregas
  18. Aproveite datas comemorativas
  19. Invista em medidas de segurança para a sua loja
  20. Cuide do ponto comercial da sua loja
  21. Tenha um software para administração de lojas

1. Tenha um planejamento 

como administrar uma loja
Você só vai saber como administrar uma loja depois de traçar metas.

Saber como administrar uma loja vai muito além do que arrecadar mais do que você gasta. É preciso saber onde você quer chegar e qual será o caminho que você vai percorrer para tal.

É por isso que os especialistas não cansam de bater na tecla do planejamento: sem ele, seu estabelecimento não chega a lugar algum. Existem três tipos, que se complementam e devem ser usados simultaneamente:

  • Planejamento estratégico: visando o longo prazo, geralmente é traçado para um horizonte de 5 a 10 anos. Consequentemente, não é muito detalhista e propõe ações mais genéricas.

  • Planejamento tático: é feito no médio prazo. Coordena os trabalhos de cada área de gestão (no caso de uma loja, essas áreas podem ser vendas, financeiro, estoque, etc).

  • Planejamento operacional: feito no curto prazo, se ocupa de direcionar as ações cotidianas de cada setor. No caso de empresas pequenas, nas quais não há muitas pessoas se ocupando da mesma função, ele pode coordenar as atividades de cada colaborador.

Se você optou por ter um sócio, é preciso que todos os pontos do plano sejam alinhados com ele. Lembre-se: a empresa é de ambos, logo, a responsabilidade e as decisões devem ser compartilhadas!

2. Invista na divulgação da sua loja

como administrar uma loja
O boca a boca e o digital oferecem grandes oportunidades de divulgação.

Os clientes são o ativo mais precioso do seu negócio. Afinal, como é que você pode ter sucesso se não tem para quem vender? É por isso que você deve encarar o marketing e a divulgação não como gastos, mas como investimentos.

A boa notícia é que as redes sociais deixaram essas ações muito mais acessíveis, efetivas e fáceis de mensurar. É possível fazer um excelente trabalho com um orçamento relativamente baixo

Além de atingir pessoas que nem sequer sabiam da existência da sua loja, os anúncios podem instigar quem já havia passado por ela a finalmente entrar – e comprar alguma coisa. Você também pode direcionar seus esforços a quem já comprou de você, de modo que eles retornem – é o tal do remarketing.

3. Empenhe-se não apenas em atrair clientes, mas em fidelizá-los

como administrar uma loja
O marketing de relacionamento transforma clientes em fontes recorrentes de receita.

Você não quer que os clientes entrem em sua loja apenas uma vez. Você quer que eles voltem sempre e se tornem seus embaixadores, divulgando seu estabelecimento a amigos, familiares e conhecidos, não é?

Acredite: tudo isso é possível, sem gastar muito. Basta executar ações de marketing de relacionamento.

Como o próprio nome diz, a ideia é usar ações que façam com que o seu cliente se sinta especial e seja fiel à sua loja. Mensagens de aniversário, descontos exclusivos, avisos sobre novas coleções antes de todo mundo… Essas ações simples são excelentes para que o consumidor se sinta um convidado VIP em seu estabelecimento.

4. Traga sempre novidades

como administrar uma loja
Novas mercadorias e formas de atendimento ajudam a manter clientes.

Ninguém gosta de mesmice – inclusive seus clientes. Se eles pensarem que nada mudou e que sua loja continua sempre a mesma, é difícil que eles sejam uma fonte de receita recorrente.

No caso do varejo de moda, a solução é praticamente orgânica: novas coleções saem o tempo todo Basta chamar seus clientes para conferi-las!

Agora, se o seu estabelecimento é outro – uma distribuidora de bebidas, por exemplo – você deve usar a criatividade para inovar constantemente. Seja oferecendo itens por um período limitado, promoções arrasadoras ou um novo tipo de atendimento, é preciso criar novos motivos para que os clientes te visitem.

5. Faça um controle de estoque eficiente

como administrar uma loja
Um bom controle de estoque garante que os itens estejam sempre disponíveis.

Como dono de uma loja, você sabe que o objetivo final dela é vender. Portanto, necessidade de cuidar bem das suas mercadorias é uma das suas obrigações como empreendedor!

Isso é feito por meio de um controle de estoque eficiente. Mais do que deixar seus itens abarrotados em qualquer lugar, você precisa organizar a armazenagem, controlar entradas e saídas, manter os níveis ideais, entre outras coisas.

Sim, dá trabalho! É por isso que a melhor solução é contar com um sistema para isso: além de reduzir os erros, ele economiza tempo, otimizando suas horas de trabalho.

6. Aprimore seu mix de produtos constantemente

como administrar uma loja
A escolha do mix de produtos deve ser criteriosa. Caso ele seja muito extenso, pode dar prejuízo.

O seu mix de produtos é o coração da sua loja. Afinal, são as mercadorias que você vende que farão o dinheiro entrar!

Por esta razão, todo cuidado é pouco na hora de decidir o que vender. O segredo é encontrar um meio termo: quem entra na loja deve encontrar uma boa diversidade de itens, mas ela não pode ser grande a ponto de aumentar excessivamente o custo do estoque.

Também é fundamental ser criterioso ao escolher os fornecedores com os quais você pretende trabalhar. De nada adianta eles venderem excelentes itens se eles não são embalados corretamente no transporte ou se a empresa nunca cumpre os prazos acordados!

7. Cuide do relacionamento com seus fornecedores estratégicos

Seus fornecedores não são seus inimigos: são seus maiores parceiros.  Afinal, o que seria do seu negócio sem suas mercadorias e insumos?

A chave para identificar os que valem a pena é criar uma espécie de cadastro. Liste fatores como a qualidade das mercadorias, a rapidez da entrega e o atendimento que a empresa te proporciona, de modo a priorizar os provedores que têm mais pontos positivos.

8. Saiba a hora certa de fazer promoções e liquidações

como administrar uma loja
Promoções e liquidações são excelentes ferramentas para escoar itens presos no estoque.

Fazer promoções e liquidações significa sacrificar parte das margens de lucro para aumentar os volumes de vendas. Mas elas só funcionam quando são feitas da maneira correta e na época certa.

Primeiramente, só devem receber descontos os itens que têm uma margem de lucro mais generosa: produtos vendidos com margens mais apertadas podem te causar prejuízo.

Além disso, é melhor realizá-las em épocas nas quais as pessoas estão mais propensas a gastar. Nesses casos, as promoções são uma excelente opção para aumentar o tíquete médio.

9. Tenha um orçamento – e siga-o!

como administrar uma loja
Administrar uma loja financeiramente exige atenção aos detalhes.

Você precisa gastar dinheiro para ganhar dinheiro. O que separa o lucro do prejuízo é como você controla e direciona os gastos!

Em outras palavras, é preciso ter um orçamento: você não deve ter medo de gastar, desde que faça do jeito certo – sem descuidar do seu fluxo de caixa. Afinal, saber quanto dinheiro entra e sai – e quando isso acontece – é fundamental para garantir a saúde financeira de sua loja. No fim das contas, você pode encontrar ótimas oportunidades para cortar gastos.

Se você ainda está no processo de abrir o seu estabelecimento, estipule um orçamento para esse processo e cumpra-o: poucas coisas são piores do que começar um negócio já no vermelho. É preciso ter em mente que a sua loja não vai dar lucro logo de cara: é preciso ter uma reserva financeira para sobreviver aos três primeiros meses, no mínimo.

-

10. Mantenha finanças empresariais e pessoais separadas

como administrar uma loja
Misturar as finanças pessoais e empresarias é o primeiro passo em direção a problemas financeiros.

A confusão entre o patrimônio pessoal e da empresa é uma dos principais motivos para a falência de pequenos negócios logo nos primeiros anos de atividade. Não caixa nessa armadilha: se você usa seu cartão corporativo para pagar as compras da sua casa, algo está errado.

O correto é que você estipule um valor de pró-labore, que será a sua compensação financeira (e de seus sócios, se você tiver) pelo trabalho investido na empresa. À medida que o negócio crescer de modo concreto, nada impede que você aumente esse valor.

11. Saiba precificar suas mercadorias

como administrar uma loja
Preços desregulados – seja para mais ou para menos – repelem clientes e diminuem o lucro.

É perfeitamente possível que uma loja venda muito bem, mas não dê lucro. Os potenciais culpados são vários, mas a precificação equivocada é um deles.

O valor que você cobra pelos seus itens deve cobrir todos os gastos que você teve para que eles estejam disponíveis para o cliente, e, ainda, incluir uma margem de lucro. Enquanto preços excessivamente baixos não te proporcionam uma margem de lucro adequada, preços muito altos repelem os clientes. É preciso encontrar um equilíbrio!

12. Contrate funcionários competentes e esclareça as obrigações de cada um

como administrar uma loja
Ter pessoas talentosas a seu lado ajuda sua loja a crescer.

É inevitável: em algum momento, você terá que contratar funcionários. Afinal, à medida que o seu estabelecimento cresce, o fluxo de clientes aumenta, e você, sozinho, não dará conta de todos. Se você acha que contratar funcionários é muito caro, experimente perder clientes por ter uma equipe pequena demais!

Como tudo no mundo dos negócios, a contratação de funcionários deve ser encarada como um investimento: a ideia é que o retorno venha na forma de um aumento nas vendas. Conduza o processo seletivo sem pressa, e sem preguiça de encontrar as pessoas corretas. No caso de vendedores, por exemplo, o perfil que você busca é comunicativo, dinâmico e focado em resultados.

13. Mantenha a equipe de vendas engajada e comprometida

como administrar uma loja
É preciso criar maneiras de manter a equipe engajada e focada em atingir os objetivos.

Entretanto, não basta ter pessoas talentosas e motivadas: é preciso garantir que elas continuem assim. É imprescindível que você busque constantemente novas formas de fazer isso!

O método mais corriqueiro usado pelo varejo é um programa de metas e resultados. É simples: se um volume pré-estabelecido for atingido, os vendedores ganham uma bonificação. Em ocasiões especiais, as campanhas de incentivo também podem ser muito úteis para aumentar ainda mais as vendas.

14. Estabeleça metas de vendas razoáveis e atingíveis

como administrar uma loja
Metas inatingíveis roubam o foco e a motivação da equipe.

Não é preciso muito para que o feitiço vire-se contra o feiticeiro. Se você impõe metas não realistas ou inatingíveis à sua equipe, tenha certeza de que a estratégia vai surtir o efeito contrário: eles se sentirão desmotivados, o que seguramente vai puxar seu desempenho para baixo.

Tenha em mente que o desempenho da sua equipe de vendas não é o único fator que impacta os resultados. Datas comemorativas, a qualidade dos insumos e a inclinação dos clientes a gastar mais ou menos também têm sua esfera de influência.

15. Ofereça um atendimento personalizado

como administrar uma loja
Vendedores que atuam como consultores são um importante diferencial competitivo para a sua loja.

Não basta saber como administrar uma loja: é preciso atender bem. Se o cliente tiver uma experiência ruim, tenha certeza de que ele não apenas não voltará mais, como, também, não te recomendará a ninguém.

Por mais que a máxima de que atender o cliente com um sorriso muda tudo ainda seja verdadeira, atualmente, o que mais destaca um vendedor é a sua capacidade de atuar como consultor. Ele deve investir seu tempo em conversas com o cliente para entender suas necessidades e oferecer a ele a melhor solução possível. Isso transformará seu atendimento em diferencial competitivo!

16. Qualifique constantemente sua equipe

como administrar uma loja
Seus vendedores precisam se informar sobre os produtos que você vende para atender melhor os clientes.

Se os seus vendedores vão atuar como consultores, é fundamental que eles conheçam os produtos que vendem. Só assim eles poderão oferecer ao cliente exatamente o que ele precisa.

Deste modo, invista constantemente na qualificação do seu time comercial! Ensine as características de cada item aos vendedores e encoraje-os a repassar essa informação aos funcionários recém-chegados.

17. Tenha um serviço de entregas

como administrar uma loja
Inspire-se no delivery dos restaurantes para oferecer um serviço diferenciado.

Quem vive nas grandes cidades sabe como ir de um lugar a outro pode ser uma verdadeira dor de cabeça. Já pensou em poupar os clientes disso e, ainda por cima, aumentar os lucros da sua loja?

Inspire-se no serviço de delivery, já oferecido por restaurantes! Você pode vender por telefone – ou, até mesmo, por WhatsApp – e entregar a mercadoria na casa do cliente. Acredite: esse diferencial vai te render muitas vendas!

18. Aproveite datas comemorativas

como administrar uma loja
Os consumidores estão naturalmente mais propensos a gastar em épocas festivas.

É incontestável: datas comemorativas deixam o consumidor mais propenso a gastar. Afinal, ele fica determinado a agradar as pessoas próximos, e, nisso, acaba investindo mais no presente.

Se você vende itens como roupas, acessórios, sapatos, livros e bebidas finas, use esse impulso para aumentar as vendas! Você pode oferecer brindes, cupons de desconto, cartões-presente… as possibilidades são infinitas!

19. Invista em medidas de segurança para a sua loja

como administrar uma loja
Usar equipamentos de segurança é uma importante estratégia de prevenção de perdas.

Infelizmente, um fator causador de perdas pode estar mais próximo do que você imagina: funcionários mal intencionados ou supostos clientes podem entrar em seu estabelecimento apenas com o objetivo de roubar ou cometer fraudes.

A boa notícia é que você pode coibir esse tipo de atitude usando medidas de segurança como câmeras, sensores de presença e verificações surpresa no caixa.

Um sistema de gestão ERP também pode te ajudar nisso, permitindo que você identifique discrepâncias entre o inventário de estoque e os registros de armazenagem, quem executou operações suspeitas e determine quais colaboradores terão acesso a cada área de gestão.

20. Cuide do ponto comercial da sua loja

como administrar uma loja
Um ponto esteticamente agradável atrai muito mais clientes.

Você já entrou em um estabelecimento porque passou na frente dele e o aspecto dele te atraiu? Saiba que você não é o único! Quando se trata de uma loja física, sua aparência é muito importante para atrair – ou repelir – possíveis clientes.

Esse é o motivo porque você deve sempre prestar atenção nisso. Tudo, desde a escolha do ponto comercial até a forma como você o decora, deve ser feito de modo estratégico. Basicamente, sua tarefa é tornar a loja atrativa para o seu público em potencial.

Além disso, garanta um estado mínimo de limpeza e arrumação, mesmo nas épocas de mais movimento. Um lugar sujo e bagunçado não atrai ninguém! Nesse aspecto, lojas pequenas pedem cuidado redobrado: a menor metragem faz com que qualquer coisa que esteja fora do lugar faça com que o lugar pareça desordenado.

21. Tenha um software para administração de lojas

como administrar uma loja
Um sistema de gestão ERP é o braço direito ideal para a administração da sua loja.

A automação comercial pode fazer muito por você e pelo sucesso do seu negócio. Ela te proporciona um controle mais apurado do fluxo de caixa, do estoque, a identificação de gargalos de gestão, a administração das entregas, e muito mais. Tudo isso se traduz em uma gestão mais exata, com processos mais curtos e com menos erros!

Agora que você já sabe como administrar uma loja, que tal ampliar seu conhecimento? Confira esse material, gratuito e exclusivo, para ter um negócio de sucesso:

 kit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: